BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Na margem de um rio

Na margem de um rio choro
Lágrimas de uma saudade sentida
Uma cheia fica criada
Com a água derramada da minha vida
..
A minha vista procura um carinho
Olhando o horizonte sem fim
Uma mão sinto a tocar-me nos ombros
É o carinho que chega a mim
..
Sinto o vento a soprar
E folhas nas árvores pendentes
Fazem vir a inspiração
Para escrever poemas videntes
..
Traço nas palavras sentimentos quentes
Com o mais leve traço fino
Os sentimentos ficam bem presentes
E a tinta descreve o destino
..
Surpreendo-me a cada poema que escrevo
Pensava que a poesia já não fluía
Olho para o céu e as nuvens andam perdidas
Parecem juntar-se numa correria
..
E assim um poema foi escrito
Com as asas do tempo
E tudo foi assim criado
Num simples e belo momento

Blue Heaven

1 comentários:

lucia disse...

muito bonito pensas o que dizes e dizes o que sentes bj