BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Se tudo pode ser nada

Se tudo pode ser nada
E se nada tudo pode ser
É porque o eterno sempre recomeça
E o que recomeça sempre se quer conhecer
..
Cada estrada é diversificada
Cada janela um infinito de mistérios
As distâncias percorrem-se incertas
Os caminhos podem ser ilusórios ou sérios
..
Nos caminhos se encontram
Conhecidos e desconhecidos
Em todos existem acertos e erros
Que devem ser corrigidos
..
As larvas transformam-se
Saem dos seus casulos embriões
As borboletas esvoaçam com as suas cores
Encontrando amores e paixões
..
Sofrimentos criam lágrimas
Lágrimas se podem tornar sorrisos
Lições se podem reaprender
Mistérios se podem encontrar que estavam perdidos
..
Vidas perdidas são encontradas
Coisas difíceis de descrever
Onde tudo é nada
E onde nada tudo pode ser

Blue Heaven

1 comentários:

Nela disse...

Paulo, que posso dizer se tudo o que te vem do coração faz sentido?todas as palavras são certas, só tenho mesmo que te dar os parabéns e dizer-te para seguires em frente...vou voltar.Bjtos." Nela" mãe da Carla.